Minha experiência com Educação a Distância (EAD)

Minha experiência com Educação a Distância (EAD)

Sempre gostei muito de estudar. Sentar nas primeiras fileiras, prestar atenção, às vezes fazer um comentário com o colega (comunicadora não consegue se segurar), perguntar para o professor, enfim, participar mesmo da aula. Fazer uma pós-graduação era um sonho antigo, mas quando trabalhava em emissora de televisão, com aqueles horários malucos, achava quase impossível.

Mudei de emprego, hoje sou autônoma e consigo organizar melhor mais horários. Pesquisando um curso de especialização, encontrei um curso a distância que era bem o que eu buscava “Tecnologias na Aprendizagem”. Aprofundar em educação e tecnologia sempre me motivou e resolvi me matricular.

Vale a pena fazer um curso a distância?

Só que surgiram as dúvidas, como o mundo da Educação a Distância? Há troca de informações com os colegas e com o professor? O conteúdo é mesmo interessante? Consigo me aprofundar nos temas e ir além?

Para todas essas questões, em pouco tempo, eu respondo que sim! A distância física não altera em nada o conteúdo do que é transmitido. Desde que o curso seja bem elaborado ou de uma instituição conceituada, é possível absorver todo conteúdo e até aprender mais, já que a tecnologia nos proporciona muitos caminhos.

Existem várias ferramentas em um ambiente virtual de aprendizagem que facilitam a comunicação. Arrisco dizer que a interação muitas vezes é maior do que em salas de aulas convencionais. No meu curso, por exemplo, há alunos de várias cidades do país e essa diversidade colabora bastante para o aprendizado e as discussões.

Percebo que os tutores (ou professores) dos cursos a distância são muito importantes no processo de aprendizagem. Eles conseguem motivar os alunos, trazer novos temas, estimular o debate, enfim, fazem toda a diferença.

Estudar a distância requer um planejamento e uma responsabilidade maior por parte do aluno, sem dúvida. Mas não é preciso enfrentar trânsito, transporte público lotado, pagar estacionamento caro; a mensalidade é mais acessível, ou seja, a economia de tempo e de dinheiro também são vantagens de cursos à distância.

Fazer uma pós-graduação de “Tecnologias na Aprendizagem” em Educação a Distância (EAD) faz todo sentido para mim, pois estou colocando em prática muito do conteúdo do curso, o que já me faz sentir uma profissional mais preparada nesta nova área. No fim, aprender é muito mais do nosso esforço pessoal e da nossa busca por crescimento. A tecnologia está aí para ajudar, vamos aproveitar?

Por Janaina Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *